Pressão Baixa – Sintomas, Cuidados e Tratamentos

A pressão baixa é mais normal do que se imagina e pode não ter significado nenhum, não consistindo em uma doença ou em uma ameaça à saúde, como é o caso da hipertensão. Boa parte das pessoas que dizem ter pressão baixa apresentam sintomas semelhantes, como tontura ao mudar rapidamente a posição do corpo (estando sentada, deitada ou agachada, a pessoa quase cai ao tentar ficar em pé muito rapidamente).

Nesses casos, exercícios físicos auxiliam o organismo a ter um melhor condicionamento e a se adaptar mais rapidamente a essas mudanças de posição. Outra possibilidade é a desidratação ou a apresentação desses sintomas por causa de medicamentos específicos. Em nenhum desses casos a pressão baixa é realmente prejudicial. As pessoas que têm pressão baixa costumam ser saudáveis e não há medicação para mudar isso.

Mas, em casos específicos, pressão baixa pode ser sintoma de doenças mais sérias que exigem cuidados médicos. Nesses casos é possível que as pessoas nem percebam a queda da pressão e que ela sirva mais como um indicativo, auxiliando um diagnóstico correto.

É preciso procurar um médico quando a pressão baixa estiver acompanhada de fatores como hemorragias externas, traumatismos, intoxicações graves, queimaduras profundas, hemorragias internas, desidratação, reações alérgicas e picadas de insetos. É possível que a pressão baixa seja sintoma de doenças cardíacas, da glândula suprarrenal e doenças pulmonares.



Dicas sobre "Pressão Baixa – Sintomas, Cuidados e Tratamentos em seu email"

Digite seu email:

Sem Comentários.

Deixe um Comentário